Thursday, December 01, 2005

ÉS O MUNDO

A doçura da tua boca,
O mel dos teus seios,
O açúcar de teu corpo
Me fazem pensar
Que o mundo é doce.

Breve ilusão! O mundo não é nada
Ou não passa de imensa abstração.
Na verdade, como o tempo,
É uma canção que passa.

No entanto estais aqui
E isto é o mundo:
O momento do amor e da ternura
O gozo dos sentidos!

E, quando tu desapareces,
O mundo some,
Pois, minha vida,
O mundo és tu:
Mulher, perfume e paixão!

2 comments:

Claudia said...

Parabéns pelo que escreve... quase não comento mas estou sempre por aqui vendo teu trabalho!!!
Um abraço

Saramar said...

Muito romântico, muito belo! Parabéns