Tuesday, April 12, 2011

A minha alma dança...


Perto de ti dança,
voa, voa minha alma,
Completamente desarmada
Como se fosse um cupido inocente
Que pode errar a seta,
Mas, deixa o veneno do amor
No olhar, na vontade infinita de amar
Na presença e também no silêncio
De quem sabe que o amor é uma loucura,
Sem cura, sem cura, sem cura....

3 comments:

Adolescendo em Verso & Prosa said...

Silvio: dançando no ritmo do amor...perdido entre o compasso da dança...bjins mil!!

Adolescendo em Verso & Prosa said...

Coloca o nosso Encontro entre os seus links Silvio.
Abraços carinhosos pr ati

Raíz said...

Belíssimo!

Esses voos na poesia são meus favoritos.

MUITO LINDO!

Beijos

Mirze